In Lifestyle

Onde Faço as Minhas Compras - Parte I

O aumento da minha consciência ambiental conjugado com a tentativa de facilitar o meu dia-a-dia resultou numa profunda alteração na forma como faço as compras cá para casa.
Se até há uns anos comprava praticamente tudo no supermercado, hoje são poucas as coisas que ainda compro.

Cada vez mais verifico, antes de comprar, se realmente preciso mesmo de tal coisa ou se vai ficar arrumada num canto, como tantas outras que fui acumulando.
Sendo eu uma pessoa muito “agarrada” às minhas coisas e com uma grande dificuldade em destralhar, pois encontro sempre um significado ou boa memória para cada objecto, a solução que encontrei foi a de não comprar o que realmente não me faz falta!

Aproveitando a (boa) moda das lojas a granel e da minha tentativa de nos alimentar com produtos cada vez mais saudáveis, comecei a comprar grande parte da mercearia que utilizo nestas lojas de produtos biológicos a granel. Há uma série de vantagens em fazê-lo:

  • Não ter que comprar embalagens plásticas e ainda ter que pagar as marcas impressas.
  • Poder ter tudo armazenado em frascos de vidro, que ficam tão giros no armário e dispensa, são práticos e que principalmente preservam melhor os alimentos.
  • Os produtos serem mais baratos do que os mesmos com embalagem.
  • Estar muito mais próxima de quem mos vende e as compras serem normalmente acompanhadas de algumas boas conversas e trocas de ideias e receitas.
  • O contentor de resíduos de embalagens, que tenho em casa, demorar muito mais tempo a encher.
  • Poder comprar apenas a quantidade que necessito sem ser obrigada a comprar o que me impõem.

Nestas lojas compro todos os cereais que utilizo, as farinhas (têm imensas variedades), as sementes, as leguminosas, os condimentos, os chás e infusões, os frutos secos, os óleos e algas. Por vezes também alguns frescos.
Levo os frascos de vidro, que são pesados à entrada e depois encho-os com o que preciso. Quando não os levo, as lojas disponibilizam frascos e também sacos de papel, que podemos sempre reutilizar e usar nas próximas compras. Estes acabam por ser mais práticos pois são bem mais leves e mais fáceis de transportar. Uma das lojas onde compro frequentemente, quer pela variedade de produtos que têm quer pela simpatia dos empregados é a Hibiscus.


Nos próximos dias partilho quais as outras formas que utilizo para fazer as compras cá para casa, tendo sempre em conta o pouco tempo que tenho para o fazer, a tentativa de escolher o mais saudável para a nossa saúde e para a diminuição da nossa pegada ecológica.

Related Articles

0 comentários:

Enviar um comentário

Subscrições

subscrições