In Lifestyle Outros

Projecto Felicidade

Projecto Felicidade
Não sou uma pessoa muito organizada nem tão pouco gosto de fazer muitos planos.
Adoro ir vivendo a vida, deixando-me levar pelo vento e esperar para ver o que este me traz.
Obviamente, com a chegada dos filhos, somos obrigados uma maior organização, em prol deles e da satisfação das suas necessidades mais básicas.

Com o passar dos anos e com o aumento das minhas responsabilidades, tenho vindo a aumentar os planos que faço para a minha vida, embora grande parte deles saia "furado". A maior parte das vezes a "culpa" é dos meus filhos, ou porque estão doentes, ou porque me querem junto a eles, ou têm fome, ou precisam de dormir... tudo é válido para me alterarem um bom plano tão bem pensado e elaborado!!

Não sei se por um acesso de "midlife crisis" ou porque simplesmente vejo os anos a passarem e os meus filhos a crescerem demasiado rápido, este ano resolvi que queria ser (ainda) mais feliz!
A entrada no novo ano, normalmente faz-nos reflectir sobre as resoluções que pretendemos assumir e esta passagem do ano em particular, tendo em conta todas as alterações que estavam para vir, fez-me pensar mais sobre o que eu quero para a minha vida e especificamente para este ano.

Ser feliz... é aquele chavão que todos queremos mas que nem sempre somos muito objectivos na sua concretização.
Se sou feliz? Sim, sou. Muito até. Tenho uma vida óptima e uma família linda que me traz imensas alegrias e sorrisos, mas quero ser ainda mais... porque não?
Quem é que já não teve aquele sentimento de insatisfação mesmo quando temos tudo o que sempre sonhamos e desejamos?

O Projecto Felicidade

Fiquei ainda mais alerta sobre este tema e muito curiosa quando ouvi os podcasts da Cláudia, do blog Officinalis, sobre o Projecto Felicidade. Podem ouvi-los aqui e aqui
Neles, a Cláudia explica os passos básicos para a concretização deste projecto e de como o fazer. Ela baseia-se num livro da Gretchen Rubin, escrito em 2009 - O Projecto Felicidade. Neste livro a Gretchen escreve o que a levou a elaborar este projecto, como e porque o fez. 
Não é mais do que um projecto de 12 meses, com pequenas e grandes resoluções para tornarem os dias dela (e os nossos) mais felizes e com um sentimento de propósito muito maior. 
Confesso que ainda não terminei de ler o livro (e tenho que o fazer rapidamente porque tenho que o devolver à biblioteca!) mas posso dizer-vos que me está a dar imensas dicas super valiosas e úteis. 
Aconselho a todos, mesmo para aqueles que já são super felizes!!

O Joy Planner

Antes do final do ano e depois de ouvir o podcast, descobri outra fantástica ferramenta, dentro deste tema, que me pareceu complementar o projecto na perfeição - o Joy Planner
Não é mais do que uma agenda mas não uma agenda normal e banal como as que me passaram pelas mãos, todos estes anos. É uma agenda que nos obriga a ouvirmo-nos e a debruçarmo-nos sobre o que nos nutre, o que nos inspira e sobre o que pretendemos acordar em nós. Propõe-nos traçar objectivos semanais e a avaliar cada semana com evidências dos aspectos que nos fizeram ir ao nosso encontro mais interior e introspectivo.

Confesso que nunca gostei de agendas. São óptimas nos primeiros dias mas depois acabo sempre por as abandonar. Esta, talvez por ser tão diferente e não se focar, única e exclusivamente, no que temos que fazer nos nossos dias, cativou-me e continuo a escrever nela todos os dias. Funciona como um convite ao foco e concretização da nossa lista de intenções e a reafirmar o nosso foco nos sonhos e desejos que temos. Estou a adorar!!

Com o livro da Gretchen e este Joy Planner tenho a certeza que vou ter um 2018 fantástico, cheio de felicidade e coisas boas, só pode, certo?!

Até breve e sejam muito felizes!







Related Articles

2 comentários:

  1. Eu li o Projecto Felicidade em inglês há uns bons anos e não sabia que havia em português. Gostei muito e gosto muito da forma como a Gretchen escreve. Também li dela o "Better than Before" um livro sobre hábitos, mais recente que o "projecto felicidade". Ambos ensinaram-me coisas muito interessantes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Telma! Não conhecia a Gretchen mas estou a gostar muito do Projecto Felicidade. Mal o termine também quero ler o Better than before. Já li algumas coisas sobre ele e pareceu-me muito bem!
      Ela é super práctica e objectiva e também estou a aprender imensas coisas. Revejo-me em muita coisa que escreve. Não sou é tão organizada e determinada quanto ela... mas um dia lá chegarei ;)
      Já fizeste o teu projecto felicidade para este ano?
      Obrigada pelo comentário!
      Beijinhos

      Eliminar

Subscrições

subscrições