In Receitas

Papa de Sêmola de Milho com Pêra e Laranja

Mãe Natureza Blog
Já há algum tempo que não vos deixava nenhuma receita das papinhas que tanto gostamos por cá!
Cada vez faço mais destas papas e cada vez mais tenho que testar, misturar e variar os cereais para serem diferentes todos os dias e usar as frutas que a Mafalda também come (que já são praticamente todas, excepto os frutos vermelhos).

 Alternativa às papas de pacote

Estas papas caseiras continuam a ser o pequeno almoço de eleição cá de casa e também para o lanche da Mafalda. 
No colégio onde anda, o lanche ou é iogurte natural com fruta ou papa de pacote. Como não quero que coma deste tipo de papas, preparo sempre um boião de papa para ela levar e comer à tarde, depois de ser aquecido em banho-maria.
A receita que hoje vos deixo é mais uma alternativa que encontrei para as papas de pacote, compradas prontas para utilizar.

Podem encontrar aqui as receitas que já partilhei no blog:
- Papinhas de millet
- Papinha de aveia crua com morangos
- Papinha de trigo serraceno com mirtilos

A receita que vos deixo hoje é com sêmola de milho.

Sêmola de Milho

A sêmola de milho, conhecida também por carolo de milho, é o resultado da moagem incompleta do grão de milho, apresentando por isso uma textura granulada.
Por ser digerida muito lentamente pelo organismo, ajuda a controlar os níveis de saciedade.
É rica em hidratos de carbono, tem algumas proteínas e um baixo teor em lípidos.
Apresenta na sua composição várias vitaminas do complexo B, como a tiamina, niacina, ácido pantoténico e ácido fólico, vitamina K, selénio e ferro.
É um cereal que contém glúten, pelo que deve haver precaução quando dado a bebés pequenos e apresenta um baixo teor em purinas, o que é benéfico para quem tem níveis elevados de ácido úrico, prevenindo os episódios de gota.

Receita 
Ingredientes (quantidade para 1 dose):
  • 1 Pêra madura
  • 2 Colheres de sobremesa de Sêmola de Milho
  • 1/2 Laranja
  • Água q.b.

Preparação:
- Descascar a pêra e cortá-la aos pedaços.
- Numa panela colocar a pêra e cobrir com água.
- Colocar a panela no fogão em lume brando.
- Acrescentar a sêmola e ir mexendo para que esta se dissolva na água e não fique com grumos. 
- Deixar cozinhar cerca de 10 a 12 minutos até ficar com a consistência de uma papa. 
- Retirar do lume.
- Descascar a 1/2 laranja, retirar todas os caroços e juntar à papa.
- Usar a varinha mágica para desfazer a fruta e fazer uma papa mais macia.


NOTAS:
  1. Por ser uma papa com glúten e com citrinos aconselho a que seja dada a partir dos 10 meses. (A introdução da diversificação alimentar que faço com os meus filhos é a indicada pela pediatra deles. No entanto deve sempre consultar o pediatra do seu filho na introdução de novos alimentos.)
  2. Se quiser, pode adicionar leite materno quando a papa já está feita e arrefecida. Se o pretender fazer, deve diminuir a quantidade de água que utiliza na cozedura da fruta, para evitar que a papa fique muito líquida. 
  3. A sêmola de milho que uso é produzida em modo biológico e comprada a granel. Se quiser saber mais sobre onde faço as minhas compras pode ler este artigo.

Espero que gostem e saboreiem esta papa!

Até breve ;)





Related Articles

6 comentários:

  1. Não me lembro de comer esse tipo de papa com frutas, mas adoro-a mesmo muito e quem nunca provou deveria provar :)
    Vou ter de experimentar essa tua receita.

    XoXo
    - Helena Primeira
    - Helena Primeira Youtube
    - Primeira Panos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Helena. Eu antes também só comia misturada com legumes mas misturada com frutas em forma de papinha fica divinal. Depois também podes misturar outros cereais. A de hoje foi com arroz integral, sêmola de milho, maça, banana e abacate. Também estava deliciosa ;)
      Bjinhos

      Eliminar
  2. Olá Martinha!!!☺️A Matilde aprovou esta receita!! Embora tenha tb colocado banana!!�� tu fazes todos os dias papas ou elas aguentam 1/2 dias no frigorífico? Um grande beijinho e vou continuar a seguir as tuas receitas!!��

    ResponderEliminar
  3. Olá Marta!
    Ainda há uns anos falavamos sobre reactores químicos e processos de tratamento de água e efluentes e agora falamos das papinhas dos nossos filhotes! Adoro ;)
    Que bom que a Matilde aprovou!
    Eu faço todos os dias, sempre com cereais diferentes, porque é o pequeno almoço para todos mas por vezes deixo uma porção no frigorífico para a Mafalda levar no dia seguinte para a creche, de forma a variar os cereais das papas do pequeno almoço e lanche! Aguenta bem 1 a 2 dias no frio! Em breve vou partilhar mais receitas de papinhas ;)
    Bjinhos grandes e obrigada!

    ResponderEliminar

Subscrições

subscrições