In Receitas

Panquecas de Alfarroba com Iogurte e Fruta

Panquecas de Alfarroba com Iogurte e Fruta
Como já sabem, por cá, temos um pequeno guloso que adora chocolate! 
Uma óptima alternativa que arranjei para o satisfazer é a alfarroba.

A alfarroba é uma vagem de uma árvore selvagem da costa do mediterrâneo.
Em Portugal, em particular na região do Algarve, até há pouco tempo era deixada caída no chão ou dada aos animais.
Hoje em dia, já lhe é atribuído valor comercial e já é vulgarmente utilizada na nossa alimentação mas também pelas industrias cosmética e farmacêutica.

Apresenta uma cor muito similar à do chocolate e um sabor adocicado, facilmente confundido com o verdadeiro chocolate mas com bastantes vantagens comparativamente a este, sendo que as principais são o facto de quase não ter gordura, não ter açúcar adicionado (apenas os naturalmente presentes), ser isenta de glúten ou outra proteína e não ter cafeína, como o cacau e o chocolate.

Uso a alfarroba, em forma de farinha, para adoçar o leite (animal ou vegetal), nas papas que faço para o pequeno almoço, nos bolos (lembram-se da fabulosa receita do bolo de alfarroba com pêra que partilhei há uns tempos e que foi um sucesso?), em bolachas e panquecas e até para fazer cobertura para bolos.

Benefícios da alfarroba para a saúde

A alfarroba tem poucas calorias e é uma óptima fonte de viatmina A (essencial para o crescimento dos ossos e dentes e utilizada pela a pele e saúde da visão), vitamina B1 (essencial para o bom funcionamento do sistema nervoso), vitamina B2 (antioxidante), ferro, niacina (necessária para uma boa condição da pele), cálcio e magnésio.

É indicada para:
  • Controlo do colesterol
  • Baixar os triglicéridos
  • Controlar os vómitos e diarreias
  • Útil para combater a azia e a indigestão
  • Acção anti-refluxo
  • Combate aos radicais livres
  • Controlo de diabetes
  • Redução do índice glicémico 

A receita que vos deixo, tendo em conta os ingredientes utilizados, pode ser dada a bebés a partir dos 9 meses, desde que já tenham sido introduzidos todos os alimentos e se sintam confortáveis para o fazer.

Receita
Ingredientes:
  • 1 Banana madura
  • 1 colher sopa de Sementes de linhaça moídas
  • 8 colheres de sopa de Leite ou bebida vegetal a gosto (usamos leite de amêndoas caseiro)
  • 1 colher sopa Óleo de coco derretido
  • 5 colheres sopa de Farinha de trigo integral (podem usar outra farinha). 
  • 1 colher sopa de Farinha de alfarroba
  • 1 colher chá de Fermento em pó

Preparação:
- Comece por esmagar a banana com um garfo até ficar bem desfeita.
- Num recipiente misture bem as sementes de linhaça, o leite e o óleo de coco.
- Misture este preparado à banana esmagada, mexendo bem.
- Adicionar as farinhas e o fermento e misturar bem até ficar uma massa uniforme.
- Numa frigideira quente, previamente untada com óleo de coco, ir deitando a massa até ter o tamanho desejado para uma panqueca.
- Deixe cozinhar cerca de 1 a 2 minutos e vire a panqueca com cuidado. Espere mais 1 minuto.
- Repita este processo até ter terminado a massa toda.

No final pode optar por comê-las assim mesmo, ao natural, ou então acrescentar iogurte natural (deixo a receita do nosso iogurte feito em casa), fruta a gosto (adicionei kiwi e dióspiro-maçã) partida em cubos. Para enriquecer adicionei, no final, sementes de chia.

Digo-vos que foi um sucesso! Não sobrou nem um bocadinho ;)
Espero que também gostem.

Bom apetite!!


Related Articles

8 comentários:

  1. wow tem um aspeto delicioso !
    fiquei tão feliz por visitar o blog , adoro tanto o tema , vou seguir bem atentamente ♡ O Olhar da Marina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      E eu fiquei super feliz por o ter visitado e gostado ;)
      Bjinhos

      Eliminar
  2. Mais uma para a minha lista de tentativas de fazer o meu filho comer algo diferente!
    Obrigada :)

    http://acasadella.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Espero que consiga. O meu filho adora estas panquecas. Ajuda a fazê-las e fica todo o tempo ao lado do fogão a perguntar se pode comer "só uma" ;)
      Depois diga-me se ele gostou!!
      Bjinhos e obrigada

      Eliminar
  3. Esse aspecto maravilhoso conquistou-me logo, só falta ter a força de trocar o meu querido chocolate mas hei de experimentar!
    Espreita o meu blog em joanalino.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Joana!
      Olha que também ficam bem docinhas ;) Podes sempre tentar com cacau crú em pó, embora vá ficar ainda menos doce do que a alfarroba!
      Vou ver o teu blog.
      Obrigada!

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Olá Marta.
      Muito obrigada ;) São boas mesmo!
      Beijinho

      Eliminar

Subscrições

subscrições