In Receitas

Acabar com a azia da gravidez com frutos secos - Receita de manteigas vegetais

Manteiga de frutos secos
Dizem que com a maturidade aprendemos a apreciar alimentos que não gostávamos nem por nada. Pois bem, comigo isso também se passou. Quando era mais nova não gostava nada de frutos secos. Com o passar do tempo comecei a tentar comer alguns e aos poucos fui começando a gostar.

Excelente para combater a azia na gravidez

Acho que o ponto de viragem foi quando estava grávida do meu filho mais velho e por causa da minha barriga de tamanho XXL, tinha uma azia terrível.
Como detesto tomar medicamentos, muito menos grávida, procurei um remédio caseiro que me resolvesse o problema e a solução passou por comer amêndoas com pele. Fiquei reticente, mas lá trouxe para casa uma caixa cheia delas, directamente trazidas de Trás-os-Montes e o "milagre" aconteceu ;)

Certo é que funcionou comigo e passou a fazer parte da rotina, quase diária, antes de ir dormir ter que partir 3 ou 4 amêndoas e mastiga-las bem. Ao fim de poucos minutos a azia desaparece completamente.
Como o hábito comecei a gostar do seu paladar e hoje como, tanto amêndoas como qualquer outro fruto seco (excepto pistácios), sem qualquer problema e até com satisfação.

Óptimo snack para meio da manhã

Desde que regressei ao trabalho, após período de licença da minha filha mais nova (durante a gravidez as amêndoas voltaram a salvar-me!), que é muito usual levar como snack para meio da manhã, frutos secos, uma tâmara e uma peça de fruta!

Desde esta enorme evolução até começar a fazer manteigas / pastas vegetais de frutos secos foi um pequeno passo.
A primeira vez que fiz, foi manteiga de amendoim, para rechear os bombons deliciosos que costumo fazer para o Natal ou Páscoa.
Desde aí que faço regularmente e tentei fazer com outras oleaginosas. Adoro todas, se bem que as minhas predilectas são a manteiga de cajú e a de amendoim.

Algumas maneiras de consumir as manteigas de frutos secos

Estas manteigas ou pastas vegetais (como quiserem chamá-las) podem ser usadas de inúmeras formas:
  • Simples, às colheradas
  • Recheio de bombons
  • Juntar às papas do pequeno almoço
  • Barrar o pão
  • Incluir em molhos para saladas
  • Fazer a ligação dos ingredientes em barras ou energy balls
  • Usar em bolos e sobremesas
  • Misturar com iogurte natural, queijo quark ou fresco
  • ...

Benefícios das manteigas caseiras

Obviamente podem comprá-las já feitas mas muitas delas têm adicionados óleos (nomeadamente o de palma), açúcares, conservantes e outros. As elaboradas em casa, têm apenas 1 único ingrediente - o fruto seco escolhido!
Em comparação com as industriais, as caseiras são muito mais económicas, principalmente quando os frutos secos são comprados a granel e com a enorme vantagem de não consumirmos embalagens, estando assim a minimizar o impacto no ambiente.

Para as fazerem em casa apenas precisam de ter um processador de alimentos ou um liquidificador potente.

Propriedades das oleoginosas

Os frutos secos, no geral, são muito ricos em ácidos gordos essenciais, minerais (magnésio e fósforo), vitaminas (do complexo B e vitamina E) e também em proteínas. 
São também muito ricos em fibras e por isso são especialmente importantes no controlo de glicemia e regulação dos níveis de colesterol. 
No caso da amêndoa, a sua pele contém prebióticos naturais que alimentam as bactérias, naturais e benéficas do intestino.
No entanto têm um elevado teor de gordura, que embora seja considerada uma gordura saudável, deve ser sempre ingerida com moderação. 



Receita (o procedimento é exactamente para cada uma das variedades de frutos secos)
Ingredientes:

  • 1 chávena de frutos secos (usei amêndoas, nozes, cajus e amendoins)
  • 1 pitada de sal marinho (opcional)

Preparação:
- Pré aquecer o forno a 180ºC
- Forrar o tabuleiro de ir ao forno com papel vegetal e colocar os frutos secos no forno, cerca de 10 minutos, para torrarem ligeiramente. Mexer de vez em quando e ter cuidado para não queimarem. 
- Deixar arrefecer e colocá-los num processador ou liquidificador. Triturar até ficar uma farinha e continuar a triturar até os óleos se libertarem e formar uma bola de pasta.
- Durante este processo ir empurrando, com um espátula, todo o conteúdo para o fundo do processador de forma a continuar a ser triturado.
- Vai-se repetindo o processo até estar formada uma pasta homogénea e brilhante.
- Pode juntar uma pitada de sal marinho. Vai intensificar o sabor e ficar ainda mais saboroso.
- Guardar em frascos de vidro, no frio. Se o frasco for devidamente esterilizado dura até 2 a 3 semanas.

Bom apetite!!







Related Articles

4 comentários:

  1. Olá Marta!

    Adoro manteigas de frutos secos, não só pelos seus benefícios mas também pelo seus sabores.
    E gosto mais ainda de ser eu a fazê-las, claro!
    Estou maravilhada com o teu blog, está recheado de temas com os quais me identifico muito! Obrigada pelas partilhas que aqui fazes.
    Beijinho e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Catarina!
      Também adoro fazê-las e comê-las à colherada ;)
      Que bom que estás a gostar do Mãe Natureza! Fico tão feliz!!!
      Obrigada pelas tuas palavras! Para a semana sai novo um artigo. Espero que gostes!
      Beijinhos e bom fim de semana.

      Eliminar
  2. Olá Marta, mais um artigo interessante para quem pode usar e abusar dos frutos secos, eu fico por aqui.... mas a foto está o máximo , até apetece meter a colher.

    Pode ser que numa próxima de vegetais eu consiga meter a «colher».... estou a aguardar a de queijo vegetal... será !!!!

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isabel,
      Pois é... para si não dá! Tente a pasta de tâmaras. Também é muito boa ;)
      Queijo vegetal?? hummm... nunca fiz mas vou anotar a ideia. Quem sabe até sai algo bom??
      Bjinhos

      Eliminar

Subscrições

subscrições